«
»

Um dos nossos passeios mais esperados pela região dos lagos andinos era conhecer os Saltos del Petrohué. Pelas fotos que pesquisamos antecipadamente, o lugar parecia ser maravilhoso! Apesar de ser possível ir de ônibus até o local, preferimos alugar um carro e ficar mais a vontade para passear o dia inteiro pela região e dar a volta ao lago Llanquihue. (A diária do carro nos custou $35.000.) Nossa primeira parada foi exatamente nos Saltos del Petrohué.

Saltos del Petrohué com vulcão Osorno ao fundo

Saltos del Petrohué com vulcão Osorno ao fundo

A estrada para chegar ao Saltos é a mesma que vai para o vulcão Osorno. Numa bifurcação, ao invés de entrar para esquerda para ir ao vulcão, siga em frente rumo aos Saltos. A estrada já revela uma paisagem muito bonita com o vulcão Osorno sempre em destaque. Um pouco antes de chegarmos aos Saltos, paramos numas barraquinhas da beira da estrada para comprar água e algumas coisinhas para comer.

Dirigindo rumo aos Saltos del Petrohué - Chile

Dirigindo rumo aos Saltos del Petrohué – Chile

Os Saltos del Petrohué fazem parte do Parque Nacional Vicente Pérez Rosáles. É um dos mais antigos do Chile, criado em 17 de Agosto de 1962. Possui superfície de aproximadamente 254 mil hectares e localiza-se quase todo na Província de Llanquihue, exceto por uma parte na Província de Osorno. O lugar não é maravilhoso?! Olha a cor da água! Fantástica!

Saltos del Petrohué com vulcão Osorno ao fundo

Saltos del Petrohué com vulcão Osorno ao fundo

É possível chegar mais perto dos Saltos del Petrohué fazendo um passeio de barco. Não fizemos mas, para quem se interessar, quem opera esse passeio é a Katara Outdoors e, segundo o site, tem duração de 15 minutos e custa $15.000 por adulto e $10.000 por criança.

Passeio de barco pelo rio Petrohué.

No verão (mais especificamente entre o Natal e o dia 20 de Janeiro), a região dos lagos fica infestada de bichinhos voadores (conhecidos como Tábanos). Bichos voadores do tamanho de uma moeda de 1 Real. Que além de incomodar com o barulho que fazem, ainda picam! Eles atacam principalmente as coisas em preto. Adivinha só com que cor eu estava toda vestida??? P-R-E-T-O! Sofri demais com eles! Compramos até um repelente na loja do parque (por $8.000) que não adiantou quase nada. Vejam como eles atacaram a bolsa da minha câmera! Falamos mais sobre os tábanos no post Verão no Chile – Cuidado com os Tábanos.

Tábanos atacando minha bolsa nos Saltos del Petrohué

Tábanos atacando minha bolsa nos Saltos del Petrohué

Saltos del Petrohué com vulcão Osorno ao fundo

Saltos del Petrohué com vulcão Osorno ao fundo

Saltos del Petrohué com vulcão Osorno ao fundo

Saltos del Petrohué com vulcão Osorno ao fundo.

A cor da água do rio é um verde esmeralda lindo que não se cansa de olhar!

Rio Petrohué - Saltos del Petrohué

Rio Petrohué – Saltos del Petrohué

Para chegar mais próximo dos saltos, existe uma estrutura muito boa, várias passarelas de ferro e madeira que permitem fácil circulação por cima do rio e das pedras do local. Me surpreendi com a estrutura.

Saltos del Petrohué

Saltos del Petrohué

Estrutura dos Saltos del Petrohué

Estrutura dos Saltos del Petrohué

Estrutura dos Saltos del Petrohué

Estrutura dos Saltos del Petrohué

Temos uma bela vista do vulcão Osorno, assim como das outras cidades que passamos nas redondezas!

Vulcão Osorno visto dos Saltos del Petrohué

Vulcão Osorno visto dos Saltos del Petrohué

Não temos fotos da entrada, dos banheiros, da lojinha e nem do estacionamento. Os tábanos não nos deram sossego para fazer tantas fotos! 😉 Da próxima vez voltaremos em outra época do ano e faremos mais fotos do local.

Como chegar:

Através da estrada internacional 225 Ch Puerto Varas – Ensenada y Petrohué que une as ciudades de Puerto Varas (Chile) e Bariloche (Argentina), atravessando o Lago Todos los Santos.

Horário:

No inverno – Segunda-feira a Domingo: 08:30 as 18:30

No verão – Segunda-feira a Domingo: 08:30 as 22:00

Preços:
  • Adultos – $1.200
  • Crianças menores de 12 anos – Gratuito
  • Maiores de 65 anos (com apresentação da identidade) – Gratuito

O estacionamento é pago a parte: $810 (pesos chilenos).

Mais informações sobre o Parque Nacional Vicente Pérez Rosáles no site da CONAF: http://www.conaf.cl/parques/ficha-parque_nacional_vicente_perez_rosales-28.html

________________________________________________________
Procurando hotéis em Santiago? Reserve agora pelo Booking.com!