«
»

O deslocamento entre cidades pode ser uma coisa chata, mas não quando se tem uma estrada cheia de lindas paisagens! :) Foi exatamente isso que encontramos no deslocamento entre Bariloche e San Martín de los Andes pela Rota dos Sete Lagos, em Janeiro de 2012! Um lago mais bonito que o outro. Aperte o cinto e viaje na leitura por essa rota! :) (O roteiro de volta de San Martín de los Andes a Bariloche foi pelo Paso Córdoba).

A Rota dos Sete Lagos é um caminho de cerca de 110 quilômetros entre Villa la Angostura e San Martín de los Andes. No percurso podemos ver 7 lagos e ainda ganhamos alguns outros de brinde. Sim, na verdade são mais de 7, mas pelo que percebemos os sete considerados são Lácar, Machónico, Villarino, Falkner, Escondido, Espejo Grande e Correntoso. Fizemos esse passeio no nosso trajeto de Bariloche para San Martín de los Andes. Saímos cedo de Bariloche, passamos sem parar pela Villa la Angostura (Não dava pra visitar pois a cidade coberta por cinzas do vulcão Puyehue) e começamos a rota.

Lago Correntoso na Rota dos Sete Lagos

Lago Correntoso na Rota dos Sete Lagos

Estrada de Bariloche para Villa la Angostura

Estrada de Bariloche para Villa la Angostura

No início do caminho a estrada é asfaltada e já proporciona belas paisagens.

Estrada de Bariloche para Villa la Angostura

Estrada de Bariloche para Villa la Angostura

Poucos quilômetros depois de sair de Villa la Angostura pela RN 231 (a mesma que vai para o Chile) viramos à direta na RN234 em direção a San Martín. Em pouco tempo, avistamos ao lado direito o Lago Correntoso e a esquerda o Lago Espejo Grande, onde paramos para tirar algumas fotos. As cinzas vulcânicas atrapalharam um pouco a visibilidade. :(

Lago Espejo Grande na Rota dos Sete Lagos

Lago Espejo Grande na Rota dos Sete Lagos

Lago Espejo Grande na Rota dos Sete Lagos

Lago Espejo Grande na Rota dos Sete Lagos

A água azul do lago é muito bonita. Mais à borda do lago, a cor da água se transforma num verde intenso.

Lago Espejo Grande na Rota dos Sete Lagos

Lago Espejo Grande na Rota dos Sete Lagosv

Neste ponto, a estrada já não é mais de asfalto e o cascalho solto demanda cuidado. Mas com prudência dá para dirigir com tranquilidade e fazer uma ótimo passeio. O trecho sem asfalto tem aproximadamente 50 quilômetros. (Tome cuidado com os outros carros que passam no trecho. Encontramos alguns motoristas dirigindo acima da velocidade permitida e não ligando para as curvas do caminho!)

Estrada de terra na Rota dos Sete Lagos

Estrada de terra na Rota dos Sete Lagos

Estrada de terra na Rota dos Sete Lagos

Estrada de terra na Rota dos Sete Lagos

Um pouco adiante, uma entrada à esquerda nos conduz ao verde esmeralda Lago Espejo Chico em uma estrada cheia de poeira de 2 quilômetros. O lago fica numa área de camping. Na área existe lanchonete e banheiro. Visitamos o lago, tiramos algumas fotos e voltamos.

Lago Espejo Chico na Rota dos Sete Lagos

Lago Espejo Chico na Rota dos Sete Lagos

Lago Espejo Chico na Rota dos Sete Lagos

Lago Espejo Chico na Rota dos Sete Lagos

Lago Espejo Chico na Rota dos Sete Lagos

Lago Espejo Chico na Rota dos Sete Lagos

Até chegarmos ao lago, um cachorro muito simpático nos acompanhou! :)

Lago Espejo Chico na Rota dos Sete Lagos

Lago Espejo Chico na Rota dos Sete Lagos

De volta à estrada principal, em pouco tempo encontramos ao lado direito um velho conhecido, o Lago Correntoso. Paramos em dois pontos na beira da estrada para tirar mais fotos e seguir adiante.

Lago Correntoso na Rota dos Sete Lagos

Lago Correntoso na Rota dos Sete Lagos

Mais cinzas vulcânicas atrapalhando a visibilidade! Uma pena! :(

Lago Correntoso na Rota dos Sete Lagos

Lago Correntoso na Rota dos Sete Lagos

Lago Correntoso na Rota dos Sete Lagos

Lago Correntoso na Rota dos Sete Lagos

Lago Correntoso na Rota dos Sete Lagos

Lago Correntoso na Rota dos Sete Lagos

[adrotate group="1"]

 

Um pouco adiante fizemos uma desvio na rota. Entramos em uma estrada a direita para fazer um trajeto de cerca de 25km até a Villa Traful. De volta à RN234 seguimos adiante em direção aos lagos restantes e San Martin. Um pouco antes de chegar ao lago Falkner, volta o asfalto. Mais adiante, do lado esquerdo da estrada, está o mirante para o Lago Falkner onde paramos para tirar algumas fotos.

Lago Falkner na Rota dos Sete Lagos

Lago Falkner na Rota dos Sete Lagos

Lago Falkner na Rota dos Sete Lagos

Lago Falkner na Rota dos Sete Lagos

Neste ponto notamos que tinhamos passado sem ver pela entrada do Lago Escondido. (Não é a toa esse nome, né? :) Escondeu da gente!) A estrada estava em obras e não notamos a entrada, que era antes do Lago Falkner. Decidimos seguir em frente assim mesmo. Pouco adiante, ao lado direito, paramos no Lago Villarino. Descemos do carro, tiramos algumas fotos e seguimos.

Lago Villarino na Rota dos Sete Lagos

Lago Villarino na Rota dos Sete Lagos

Dois quilômetros depois do lago Villarino, ao lado esquerdo da estrada, há um mirante para a cascada Vullignanco, uma cachoeira de uns 20 metros de altura. Fizemos uma parada rápida para fotos.

Cascada Vullignanco

Cascada Vullignanco

Nos deparamos com uma placa e percebemos que já estávamos dentro do Parque Nacional Lanín! Pegamos uma estrada de terra à esquerda de 2 quilômetros para chegar ao Lago Hermoso. É um lago muito bonito (faz jus ao nome!), onde tinha inclusive algumas pessoas se banhando. Infelizmente não estava muito bom para tirar fotos. Havia muitos mosquitos e o lago estava em contra-luz. Ficamos pouco tempo e voltamos. Também não havia muita área livre para estacionar o carro.

Lago Hermoso na Rota dos Sete Lagos

Lago Hermoso na Rota dos Sete Lagos

Lago Hermoso na Rota dos Sete Lagos

Lago Hermoso na Rota dos Sete Lagos

Lago Hermoso na Rota dos Sete Lagos

Lago Hermoso na Rota dos Sete Lagos

Alguns quilômetros depois, ao lado esquerdo da estrada, paramos no mirante do Lago Machónico. Mais uma parada para ver, descansar e tirar fotos.

Lago Machónico na Rota dos Sete Lagos

Lago Machónico na Rota dos Sete Lagos

Lago Machónico na Rota dos Sete Lagos

Lago Machónico na Rota dos Sete Lagos

Nesse momento já estávamos bastante cansados e com muita vontade de chegar a San Martín de Los Andes. Dirigir em estrada de terra cansa, principalmente com o desvio de mais de 50km até a Villa Traful. Decidimos então ir direto até San Martin e não paramos nem no Lago Lácar, já na entrada de San Martín. (Deixamos para tirar as fotos no dia em que voltamos para Bariloche.)

Lago Lácar na Rota dos Sete Lagos

Lago Lácar na Rota dos Sete Lagos

Lago Lácar na Rota dos Sete Lagos

Lago Lácar na Rota dos Sete Lagos

Lago Lácar na Rota dos Sete Lagos

Lago Lácar na Rota dos Sete Lagos

Algumas dicas úteis:

  • Partes dos 11o quilômetros desse passeio fecham por causa da neve durante o inverno. De dezembro a maio é a melhor época para fazer o passeio.
  • Sugerimos levar lanches e água pois dependendo do trecho não é fácil encontrar pontos de venda.
  • Há albergues e campings perto de vários lagos. Se tiver tempo sobrando, considere se hospedar em algumas delas para aproveitar melhor o passeio.

Distâncias úteis:

  • Villa la Angostura a San Martín de Los Andes: 110km. Se quiser ir a Villa Traful, o desvio fica em pouco mai s de 50km ida e volta.
  • Bariloche a Villa la Angostura: Aproximadamente 85km.

Há agências de turismo nos dois lados da rota que fazem o passeio voltando ao local de origem. Nos parece ser cansativo fazer a ida e volta no mesmo dia, mas o lugar vale o sacrifício.

Outra opção para os esportistas é fazer o trecho de bicicleta, mas é bom considerar fazer uma parada no caminho para descansar e aproveitar bem.

Optamos por alugar um carro em Bariloche, fazer a rota, passar um dia na região de San Martín (visitar o Parque Nacional Lanín e passear de barco pelos lagos) e voltar para Bariloche pelo Páso Cordoba. Recomendamos! A volta pelo Páso Cordoba nos rendeu um foto da seção Revelando a Foto do Lago Meliquina.

Já passou pela região? Conte pra gente como foi a sua experiência!

________________________________________________________
Procurando hotéis em Bariloche? Reserve agora pelo Booking.com!
Procurando hotéis em San Martín de los Andes? Reserve agora pelo Booking.com!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...